Solicite um orçamento!!


CUPIM SUBTERRÂNEO

Os cupins subterrâneos (Coptotermes gestroi/ Coptotermes havilandi e Heterotermes sp.) são assim denominados por construírem seus ninhos no solo. Ele também faz seus ninhos em vãos estruturais, como: caixões perdidos em edifícios, vãos entre lajes, paredes duplas, forros com pouco acesso ou qualquer outro espaço confinado que exista em uma estrutura. São os que causam danos mais significativos em edificações em áreas urbanas.

Generic placeholder image Soldado - Cabeça amarela e mandíbulas pretas.


Os sinais típicos de ataque dos cupins subterrâneos são os caminhos (túneis de forrageamento) que eles fazem sobre a alvenaria ou outro material; estas estruturas são feitas de terra, material celulósico fezes e saliva (constroem verdadeiros túneis que os protegem de predadores, perda de água, e outros contratempo). E a ocorrência de revoadas em árvores próximas à construção. A dispersão destes cupins se dá através das revoadas e da formação de casais que fundarão uma nova colônia. Contudo, operários de um ninho já estabelecido no solo, podem infestar uma edificação a procura de alimento. Se uma edificação estiver no território de forrageamento de uma colônia, os operários utilizam-se de pequenos espaços da edificação que permitam o contato com os materiais celulósicos existentes no interior da construção, principalmente na sua estrutura. Esses espaços podem ser, aberturas de tubulações e conduítes elétricos na fundação, pequenas rachaduras nas paredes, através de juntas de dilatação de vigas, e outros, onde os cupins tenham a possibilidade de construir seus tubos do solo até o alimento. A área potencial para o forrageamento pode atingir 10m de profundidade e 200m de extensão ao redor da construção atacada.

Generic placeholder image Operário - É todo branco.
Generic placeholder image Cupins atacando a infraestrutura.
Generic placeholder image Túnel de forrageamento.


TIPOS DE CUPINS:

Faça o seu orçamento!



Ex.: cliente@mail.com.br

Ex.: (00)0000-0000