Solicite um orçamento!!


Nós temos a técnica e os produtos ideais para controle de pragas em Hospitais.

O controle de pragas em um ambiente hospitalar não é uma tarefa fácil, uma vez que se trata de um lugar que está em constante atividade, faz uso de diversos recursos que não podem ser contaminados ou danificados no processo de eliminação das infestações, além da presença dos pacientes, muitas vezes extremamente fragilizados e, portanto, mais propensos a contrair algum tipo de infecção.

hospital


Pensando nisso, a Asserta desenvolveu técnicas ideais para controle de pragas em hospitais. Usamos produtos com baixa toxicidade (um deles é considerado, inclusive, pela Organização Mundial da Saúde como improvável causador de intoxicação) e irritabilidade.

É importante, antes de se começar a discutir as infestações, fazer uma diferenciação entre uma ocorrência episódica e uma infestação de pragas propriamente dita. A primeira se dá quando a praga encontra facilidade de acesso e entra no ambiente, mas não encontra condições propícias para o seu desenvolvimento e acaba morrendo ou simplesmente abandonando o ambiente. Já numa infestação, a praga tem acesso às áreas e ali encontram condições adequadas para se desenvolver; essas são as condições necessárias à sobrevivência de todo e qualquer organismo vivo: alimento, água e abrigo. Baseado nisso, vale também ressaltar que qualquer relação feita entre a espécie da praga e o ambiente específico que infesta é falsa. É errado dizer, por exemplo, que ambientes onde há o acúmulo de lixo e outros tipos de descartes são infestados somente por baratas.

As pragas que infestam hospitais são as mesmas que ocorrem em outros edifícios. São elas: baratas, ratos, formigas, moscas, pulgas e afins; sendo que o principal problema da presença desses animais em um espaço clínico reside no fato de que são agentes disseminadores mecânicos e/ou biológicos de doenças infectocontagiosas causadas por protozoários, vírus, bactérias e outros microrganismos, além de prejudicarem as condições de esterilização de equipamentos e ambientes.

OBS: deve-se tomar cuidado com a contaminação cruzada.

A incidência de pragas depende não somente da higiene e limpeza do local, mas também da sua localização e manutenção. Um hospital localizado, por exemplo, às margens de um rio no qual é frequentemente despejado esgoto, ou ainda próximo a instalações industriais, pode ter uma higienização adequada em suas instalações, entretanto, se seus vizinhos não necessariamente seguirem os mesmos princípios, acabam por ocasionar a migração de ratos, baratas e semelhantes de uma instalação para a outra; ou seja, os bons cuidados dentro do hospital não impedem que as pragas de outros ambientes venham habitar o local. Portanto o estabelecimento deve ser monitorado periodicamente, sendo que as estratégias de controle devem ser aplicadas de acordo com o local e com o tipo de infestação observada.

Controle quinzenal (principalmente em centros cirúrgicos) ou mensal, dependendo do nível de infestação ou situação. Os hospitais devem ser tratados por uma empresa especializada em controlar pragas nos locais com alta sensibilidade à aplicação de inseticidas, oferecendo segurança e conforto; diferente da maioria das empresas generalizadas que existem por ai!



TIPOS DE TRATAMENTOS INDICADOS:

Polvilhamento em caixas de gordura e esgoto. (Indicado para baratas de esgoto)

Pulverização peridomiciliar e interna (rodapés e ralos – dificultando a passagem de pragas) contra insetos rasteiros, utilizando o inseticida mais seguro no mercado (sem odor e que não causam irritação – serve para controle de várias pragas).

Aplicação de géis formicida (internamente) para controle de formigas doceiras – cozinha, banheiros, salas de espera e em outros pontos específicos (se houver necessidade).

Atomização das superfícies de pouso dos insetos voadores, aumentando o residual do produto no local.>

  • Sanitização através da pulverização, reduzindo ou removendo a carga microbiana (bactérias e fungos) e de ácaros. Tenha ambientes sanitizados com as nossas técnicas.
  • A soma de produtos altamente seguros com técnicas corretas de controle de pragas e sanitização ambiental te deixará mais tranquilo; você não precisa perder noites de sono por causa das pragas.
  • Instalação de porta-iscas (formando um anel sanitário em áreas externas) e túneis cola (cozinhas e refeitórios).
    OBS: não serão usadas iscas que deixam resíduos tóxicos.

    Não se esqueça da limpeza de caixas d'água. Caso seja necessário, oferecemos laudo!

    OBS: se houver necessidade de controlar outras pragas ou utilizar outros tipos de técnicas, a Asserta definirá após a vistoria ou durante o tratamento/contrato.

    Faça o seu orçamento!



    Ex.: cliente@mail.com.br

    Ex.: (00)0000-0000